imagem noticia

Força aérea do crime – Drone com granadas atacam favelas do Rio comandadas pelo Comando Vermelho

09/07/2024 -

imagem noticia
O drone utilizado para lançar granadas em favelas da Zona Norte do Rio tem autonomia de 46 minutos de voo e pode percorrer até 15km de distância. O modelo encontrado no Quitungo, comunidade controlada pelo Comando Vermelho (CV), é da marca DJI, empresa chinesa líder na fabricação de drones no mundo.

Piloto à distância não identificado

A Polícia Civil tenta identificar quem pilotava o equipamento que lançou a granada na comunidade. Moradores dizem que traficantes do Complexo de Israel e do Quitungo, que ficam na Zona Norte e são rivais, têm usado os equipamentos para lançar explosivos. O G1 apurou que um dos modelos utilizados no confronto é o DJI Mavic 3, que custa entre R$ 19 e R$ 21 mil, no site oficial do fabricante.

Vídeos e fotos

Com zoom digital potente em sua câmera, o equipamento pode fazer vídeos e fotos de alta definição. O drone em questão pode chegar a até 6 km de altura, apesar da orientação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para que os voos não ultrapassem os 120 metros de altura e não invadam o espaço aéreo de aeronaves tripuladas.


alt='imagem noticia unica'>



Deseja receber O PODER e artigos como esse no seu zap ? CLIQUE AQUI.

Confira mais notícias

a

Contato

facebook instagram
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site.
Ao utilizar nosso site e suas ferramentas, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Jornal O Poder - Política de Privacidade

Esta política estabelece como ocorre o tratamento dos dados pessoais dos visitantes dos sites dos projetos gerenciados pela Jornal O Poder.

As informações coletadas de usuários ao preencher formulários inclusos neste site serão utilizadas apenas para fins de comunicação de nossas ações.

O presente site utiliza a tecnologia de cookies, através dos quais não é possível identificar diretamente o usuário. Entretanto, a partir deles é possível saber informações mais generalizadas, como geolocalização, navegador utilizado e se o acesso é por desktop ou mobile, além de identificar outras informações sobre hábitos de navegação.

O usuário tem direito a obter, em relação aos dados tratados pelo nosso site, a qualquer momento, a confirmação do armazenamento desses dados.

O consentimento do usuário titular dos dados será fornecido através do próprio site e seus formulários preenchidos.

De acordo com os termos estabelecidos nesta política, a Jornal O Poder não divulgará dados pessoais.

Com o objetivo de garantir maior proteção das informações pessoais que estão no banco de dados, a Jornal O Poder implementa medidas contra ameaças físicas e técnicas, a fim de proteger todas as informações pessoais para evitar uso e divulgação não autorizados.

fechar